Menu

Biografia português

Biografia português

BIOGRAFIA

Giovanni Menada nasce em Reggio Emilia no ano de 1954.

Durante a sua infância ganha familiaridade com os lápis, as cores e a história de arte pois a sua mãe nos anos 20 frequentou a Academia de Brera, em Milão.

Giovanni estuda em colégios privados em Bolonha e mais tarde em Verona.

Nos períodos de verão embarca como ajudante em cargueiros que transportam carvão da Rússia. No início dos anos setenta viaja para Londres, Paris e Nova Iorque.

No ano de 1978 inicia a sua carreira de pintor com os primeiros quadros pintados a óleo e obtém o diploma de escultura na Academia de Belas Artes de Roma com trabalhos de esculturas em madeira e modelos de argila. Nesta época vive e trabalha na capital italiana como impressor gráfico e aprende a arte da gravura. Aqui frequenta e contacta o fervente ambiente cultural e artístico da cidade.

Cumpre o serviço civil na secretaria do WWF na capital italiana. A botânica é um dos seus interesses que o leva a idear e instalar sistemas de irrigação em terraços urbanos.

O Extremo Oriente é um dos seus destinos de viagem, onde visita China, Malásia, Indonésia, Tailândia e Filipinas. Nestes anos também vive em Paris durante longos períodos de tempo.

Nos anos oitenta, numa oficina em Cavriago, uma vila perto de Reggio Emilia, começa a trabalhar com ferro e aço, aprendendo a técnica do repoussé com ferreiros especialistas da profissão.

As suas primeiras exposições são inauguradas em Reggio Emilia, Roma e Milão assim como a participação em exposições colectivas nas cidades de Ferrara, Bolonha, Paris, Valência, Nice e Graz.

Nos anos noventa o seu interesse estende-se ao design, criando móveis e participando em projectos de decoração, stands de feiras desde Bolonha, Mónaco, Paris a Los Angeles e desenvolvendo a decoração de exposições temáticas em Roma. Ocupa-se também de comunicação e gráfica industrial, desenha e projecta carrosséis e participa em projectos de parque aquáticos e a tema, realizando também cenografia para peças de teatro.

Inspirando-se em poças, cria obras com retalhos de pneus e de aço espelhado. Continua a trabalhar com projectos de jardinagem e idealiza e desenvolve uma estratégia de requalificação do ambiente que tem como objectivo a repovoação de borboletas com o nome de “Aurora butterfly’s refilling”, sendo alvo de atenção, de interesse nacional e internacional.

É nesta década que inicia a produção de jóias com a técnica de cera perdida e com a técnica de repoussé.

Apaixonado pela música, no ano 2000 começa a sua colaboração com o pianista e compositor Marcello Mazzoni realizando concertos de música & imagens. Ele mesmo decide de ter lições de piano.

Em 2010 produz o estado de alma de um peixe fora de água, em ferro e aço, com uma altura de 5 metros e, obras que representam o caldo inciso em panelas. Neste período, cria também um capocielo em aço que evoca o sopro de vento do espirito santo colocado no altar da cripta da Catedral de Reggio Emilia.

Desenvolve um interesse na fisionomia humana e pinta centenas de retratos imagináveis de uma população inexistente.

Recentemente tem apresentado uma exposição com o tema de armas, um pequeno arsenal de chumbo estendido numa corda como a roupa que se seca ao sol.

Actualmente vive e trabalha em Reggio Emilia e em Casalini (Brinidisi).

 

Share

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!